Quais as diferenças entre caminhões?

Você já deve ter percebido, enquanto dirigia pela sua cidade, ou pelas estradas do Brasil, uma enorme variedade de caminhões. Alguns com 2, 3, 4 eixos!

Mas você sabia que eles recebem nomes e tem especificações diferentes?

Nesse post vamos te contar um pouco sobre os diferentes veículos que vemos por aí!

Inicialmente falaremos sobre veículos que, por serem menores e mais ágeis, são recomendados para meios urbanos. São eles:

Agora falaremos sobre os caminhões chamados de carretas. O diferencial desses tipos de veículos é que uma parte recebe a Força Motriz (motor), Rodas de Tração e a Cabine do Motorista. Já a outra parte do veículo, recebe a Carga.  

A parte motriz do veículo também é chamada de Touro Mecânico. Ele pode ser acoplado a variados tipos de módulos de carga (conhecidos como Semi-Reboque).

Esses módulos podem ser fechados:

Ou abertos:

Vejamos os modelos agora:

Imagine agora que a indústria em que você trabalhe tenha capacidade para receber todos esses veículos mas nem todos seus clientes tenham.

Ou então os seus fornecedores tenham capacidade de aceitar alguns tipos de caminhão na indústria deles, e você tenha mandar um mesmo veículos fazer várias coletas passando por esses.

Fazer a roteirização disso é complicado.

Usar de softwares de logística, como o Revolog Transporte, é algo interessante a se considerar (fizemos até um post falando sobre isso!). Seu uso pode otimizar e reduzir consideravelmente os custos com transporte. 

Além disso eles podem considerar as Regras/Modelos de Negócio da sua empresa na hora de roteirizar. O otimiza ainda mais as rotas.

Quer conhecer mais o Revolog Transporte e descobrir quais benefícios a mais ele pode trazer pra você? 

Entre em contato com a gente!

2017-06-20T10:32:29+00:00